Acessibilidade

O governo brasileiro foi muito feliz quando promulgou a lei 10.098 e estabeleceu normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida.

Historicamente dois grupos de cidadãos tem sido afetados diretamente na maioria dos processos audiovisuais: Os cegos e os surdos. Os primeiros, por razões óbvias, muitas das vezes não conseguem deduzir o muito do que ocorre nos filmes pelo fato de que são guiados sobretudo pela audição. Quanto aos surdos, até conseguem ver o que transcorre numa imagem, mas não conseguem absorver com profundidade a dimensão das palavras verbalizadas e nos sons contidos na obra. Pensando nessas pessoas, e como se comunicar com elas, foram desenvolvidas técnicas conhecidas como AD (audiodescrição) e Tradução em Libras (Língua Brasileira de Sinais).

Tanto a AD quanto a tradução em libras para filmes e produtos audiovisuais são serviços que prestamos. Mantenha contato e será um prazer contribuir na transmissão do seu projeto para os portadores dessas deficiências. Eis alguns dos nossos exemplos:

=> Teaser audiodescrição

Teaser_Acessibilidade from Imaginacao Filmes on Vimeo.

=> Audiodescrição

Trecho inicial audiodescrito do filme Fragmentos from Imaginacao Filmes on Vimeo.

Trecho do filme Truks audiodescrito from Imaginacao Filmes on Vimeo.

=> Tradução em Libras

Trecho com tradução em Libras do filme O tiro from Imaginacao Filmes on Vimeo.